Estratégias/Táticas - Art. 30

Ataque

- Ataque Após a Recepção do Saque ("Side-Out").

- Ataque com Fintas e Variações (continuação do art. 29).

 

- Curta: da Entrada para o Centro e da Saída para o Centro da Rede (diags. a seguir).

Nos diagramas a seguir, no 1, a Variação Meia Bola Curta da Saída e da Entrada para o Centro da Rede. O JA, após recepcionar o saque aproxima-se fintando o ataque na extremidade da rede e faz a aproximação final em direção ao levantador, que alça uma Meia Bola sobre a sua própria cabeça (JL).

Nos diagramas 3 e 4, quando o adversário, por opção tática, saca na região central da quadra. JA recepciona o saque e desloca-se em linha reta para receber uma Meia Bola, imediatamente atrás ou na frente do ponto em que o levantador está posicionado (PL).

 

 

- Procedimento do Levantador.

 

- No Momento da Recepção do Saque.

- Desloca-se com velocidade máxima para o local em que a bola é passada;

- Posiciona-se rigorosamente sob a bola, uma vez que, sua posição é o principal ponto de referência para a realização da Variação;

- Observa a atuação do companheiro na recepção do saque, a fim de constatar se este está apto para executar a Variação;

- Alçar a Meia Bola sobre a sua própria cabeça, imediatamente a sua frente ou nas suas costas;

- Após executar o levantamento, olhar para a quadra do adversário e "cantar" a melhor opção de direção para o companheiro;

- Posicionar-se para cobrir o ataque.

 


 

- Procedimento do Atacante.

 

- Após a Recepção do Saque.

- Iniciar a primeira aproximação como o faz para o ataque na extremidade da rede;

- Tomar a iniciativa de "cantar" a Variação que deseja realizar;

- No Momento da Aproximação para o Ataque.

- Iniciar a primeira aproximação fintando que atacará na extremidade da rede, defronte ao local em que recepcionou;

- A cerca de 3 metros da rede, trocar a direção e fazer a aproximação final - as duas últimas passadas - para o local em que o levantador está posicionado;

 

- No Momento do Salto.

- Saltar perpendicularmente e com um espaço, para a rede, de cerca de uma braço estendido (1 m);

- Posicionar-se de maneira que a bola esteja sobre o eixo do seu corpo, para que possa atacar em todos os pontos da quadra;

 

- No Momento do Golpe.

- Alcançar a Meia Bola no ponto mais alto de sua trajetória e não demorar para atacá-la;

- Atentar para a "cantada" do levantador;

- Optar pelo golpe mais conveniente, segundo sua sensibilidade.

 

Nota

O sucesso neste tipo de ataque resulta de uma ação veloz e coordenada do jogador que levanta e do que ataca. Para atingir o entrosamento perfeito é necessário que, um e outro, possuam requerida tática individual, grande habilidade técnica individual e, sobretudo, muita iniciativa. O objetivo para com o treinamento é o de que os atletas adquiram auto-confiança para realizá-la de modo sistemático, quer como estratégia de ataque quer por opção tática circunstancial.

 

Cont. no art. 31, com outras Variações.

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra