Estratégias/Táticas - Art. 23

Levantamento

Levantamento por Manchete.

- Exercícios para a Aprendizagem o Aperfeiçoamento do Levantamento.

- Seqüência de Exercícios No. 5

- Levantamento após a Recepção do Saque e/ou a Defesa.

 

Nesta seqüência os exercícios são realizados com a utilização de jogadores fazendo as vezes do adversário, isto é:

- com um bloqueador;

- um bloqueador e um defensor (diagrama 1, a seguir);

- um bloqueador e dois defensores ( diagrama 2, a seguir).

O objetivo é, obviamente, o de simular as ações que ocorrem num jogo e dificultar, ao máximo, a execução da dupla em treinamento (DO). É boa oportunidade para praticcá-los, como também colocar a estratégia ofensiva à prova.

 

43 - O treinador sacando em vários pontos da quadra. Os jogadores da dupla em treinamento, de modo alternado, recepcionam, levantam, e atacam. Na quadra oposta o treinador colocará um bloqueador, a fim de dificultar a ação do jogador-atacante (J1 e/ou J2).

44 - Idem 43, com um bloqueador e um defensor na quadra oposta, a fim de dificultar a ação ofensiva da dupla em treinamento.

45 - Idem 44, com um bloqueador e dois defensores. Da mesma maneira, estes três jogadores tentam impedir que os ataques da dupla em treinamento sejam bem sucedidos.

 

 

 

46 - Idem 45, com os dois jogadores oponentes tentando o bloqueio ou a defesa da bola. Em conseguindo, realizam o contra-ataque. Neste caso, a dupla em treinamento mobiliza-se defensivamente.

47 - Idem 46, agora com um bloqueador e dois defensores. Importante: no caso de defesa, só o jogador que defende a bola pode atacar.

48 - Idem 46, com o saque sendo executado pelos jogadores oponentes.

 

Nota

Com o fim de garantir a qualidade do treinamento, é essencial que os jogadores oponentes sejam de nível semelhante aos da dupla em treinamento.

 

- Procedimentos Técnicos e Táticos a Serem Observados.

 

1 - Em todos os exercícios de todas as sequências de exercícios, é fundamental que a técnica individual seja rigorosamente observada. No caso do levantamento, como já repetitivamente enfatizado, algumas componentes são muito importantes, ou seja:

- a velocidade com que o levantador tem que se deslocar, a fim de chegar ao ponto em que a bola é passada, antes da mesma;

- posicionar-se como o corpo corretamente, em relação à bola;

- executar o levantamento com altura e nos pontos convencionados, de acordo com a estratégia ofensiva da dupla.

Os levantamentos devem ser executados por meio do toque acima da cabeça e da manchete; de todos os tipos e de todas as maneiras.

 

2 - Após executar o levantamento, deve olhar para a quadra oposta e "cantar", para o companheiro, o local em que a bola deve ser atacada.

 

3 - Nos exercícios com o ataque, o treinador tem oportunidade de ajustar:

· a velocidade da trajetória da bola;

· a altura adequada, para cada dos dois jogadores;

· a distância da bola em relação à rede.

Estes aspectos são muito importantes para o acerto do levantamento e, conseqüentemente, para sucesso da tática ofensiva.

 

4 - Um outro aspecto de extrema importância é a posição em que a bola que a bola tem que ser levantada, em relação ao atacante. Nos artigos em que abordo a cortada, chamo a atenção para a posição em que o atacante tem que golpear a bola, mais precisamente em relação ao eixo do seu corpo. No treinamento do levantamento treinador os jogadores devem observar atentamente, para que a bola seja alçada entre as mãos do levantador e o eixo do corpo do atacante.

5 - Por ocasião dos exercícios com o ataque, treinador e jogadores devem corrigir, além do levantamento, os procedimentos no ataque.

 

6 - Nos dias em que há vento, os ajustes são muito importantes. Sobretudo, quanto à altura da bola e o espaço da mesma em relação à rede. Na representação abaixo, um exemplo do que ocorre com o vento.

 

 

A favor do vento, a bola tende a passar para o lado do adversário; contra, a tendência é de que a mesma fique muito afastada da rede. A fim de minimizar a dificuldade para o levantamento com a ação do vento, alguns procedimentos são recomendáveis, isto é;

- os jogadores se aproximarem um do outro, a fim de que possam diminuir a altura da trajetória da bola;

- fazer uma "compensação", ou seja: a favor do vento, alçar a bola um pouco antes do ponto normal, contando com que a ação do vento coloque a mesma no ponto ideal; contra o vento, alçar a bola - de maneira acentuada - no sentido da quadra oposta, contando com que o vento traga-a para o ponto ideal.

- evitar trajetórias longas e/ou com maior grau de dificuldade.

Em todos os três casos é requerida grande habilidade ao jogador que executa o levantamento. Mais um motivo para que o levantamento seja praticado sistematicamente, também e sobretudo - em dias com vento; seja qual for a velocidade do mesmo.

 

7 - Em etapas iniciais do treinamento, recomendo o uso de uma bola mais pesada (existente no mercado de material esportivo) nos exercícios específicos de levantamento, a fim de melhorar a força dos jogadores no impulsionamento da bola, por ocasião do toque acima da cabeça. Nas fases pré-competitiva e competitiva, a bola deve ser a oficial da competição e em perfeito estado de conservação.

 

Do artigo 12 ao 23, focalizamos o levantamento, por meio do toque acima da cabeça e da manchete. Nos artigos que tratam da técnica individual, abordamos tudo que é indispensável para um a execução dos dois fundamentos. A técnica individual é fundamental para que o atleta obtenha bom aproveitamento na execução da estratégia. Ou seja, "um depende do outro e o outro depende do um".

 

A partir do artigo 24, focalizaremos o Ataque.

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra