Estratégias/Táticas - Art. 10

Recepção do Saque

Treinamento Tático Coletivo.

Sequência de Exercícios No 04.

 

Objetivos: - Recepção do Saque Curto;
  - Levantamento, após a recepção do Saque Curto;
 

- Ataque após a recepção do Saque Curto.

 

O Saque Curto é utilizado, de modo geral com objetivo tático. Bem executado, pode causar dificuldade. Não só para sua recepção. Mas também para o Levantamento e, na sequência, para o Ataque. Portanto, é necessário fazer algumas considerações importantes para uma recepção eficiente..

1 - Aspecto Físico. O jogador se aproxima para recepcionar tem que se preocupar com a transição, fim do deslocamento - posicionamento correto em relação a bola. Evitar executar a recepção com o corpo em movimento; pode infuir na precisão.

2 - Aspecto Técnico. No exato momento da execução:

- as pernas devem estar flexionadas (ou até com um dos joelhos no chão), de modo que o corpo esteja absolutamente equilibrado;

- os braços paralelos em relação ao solo, de maneira que a bola seja alçada verticalmente, cerca de 3 metros.

3 - Aspecto Tático. O jogador que está recepcionando deve ter em mente as funções subsequentes. Ou seja, a bola tem que ser açada de tal maneira que dê tempo para:

- a aproximação do companheiro que fará o levantamento;

- seu recuo para ao ponto em que faz a aproximação final para o ataque.

23 - O treinador, um colaborador ou os próprios jogadores executando saques curtos. Como sempre, dos três pontos da Zona de Saque. Como sempre, em uma e em outra metade da quadra. Os jogadores saem do posicionamento de recepção, executam a recepção e recuam (pelo menos 3 metros) para o ponto em que geralmente fazem a aproximação final para o ataque.

No diagrama a seguir, a movimentação dos jogadores para a recepção (seta tracejada em azul), o recuo (linha tracejada em vermelho) e o ponto em que fazem a aproximação final para o ataque (traço horizontal em vermelho).

 

 

24 - Idem 23, com dois saques consecutivos. O jogador recepciona, volta ao posicionamento de recepção e parte para a recepção do saque seguinte. Sempre recepcionando e recuando 3 metros. O intervalo entre um saque e outro é o tempo que o jogador leva para voltar ao seu posicionamento inicial. Ambos os jogadores têm que realizar o exercício nos ponto em que utilizam nos jogos, quer para a recepção quer para a aproximação para o ataque.

25 - A mesma mecânica; saques consecutivos para cada jogador. Agora, sequências 4, 6 ... saques. O número de saques (de cada sequênica) é estabelecido pelo treinador. O intervalo entre um saque e outro é o tempo que o jogador leva para voltar ao seu posicionamento inicial. Ambos os jogadores têm que realizar o exercício nos ponto em que utilizam nos jogos, quer para a recepção quer para a aproximação para o ataque.

 

Notas

Importante: para a recepção do saque curto, é essencial que os jogadores adotem alguns procedimentos.

- Aproximar-se para o ponto em que a bola provavelmente cairá, com velocidade máxima.

- Posicionar-se com as pernas o mais aproximado da bola.

- Flexionar as pernas - ou até colocar um do joelhos no chão - de maneira que seja possível colocar os braços estendidos e de modo paralelo em relação ao solo e, com isso, pode alçar a bola verticalmente, em relação aos seus braços. Tudo isso, de maneira equilibrada.

- Passar a bola com pelo menos 3 metros de altura, de maneira que poder recuar, cerca de 3 metros, e aproximar-se novamente para atacar.

 

26 - A mesma mecânica dos exercícios anteriores. Agora, com a inclusão do Levantamento. Um dos jogadores recepciona, recua para o ponto em que faz a aproximação final para o ataque. O jogador que não recepciona executa um levantamento, a critério do treinador. Como os que estão apresentados na figura a seguir. No exemplo, o saque é curto na saída da rede e o levantamento pode ser para frente ou para trás.

27 - Idem ex. 26 com sequências de 2, 4, 6... saques consecutivos.

 

 

 

28 - Idem 26, com inclusão do Ataque. O jogador que recepciona executando um ataque, a critério do treinador. No diagrama a seguir, a movimentação do jogador que recepciona o saque (setas tracejadas em vermelho), recua e aproxima-se para atacar. Também, os pontos nos quais, por exemplo, devem ser direcionados os ataques. No diagrama a seguir, o exercício passo a passo. O ponto em que a recepção é executada (a). O deslocamento até o ponto da recepção (b). O recuo, a fim de ganhar espaço para uma boa aproximação (c). A aproximação até o ponto do ataque (d).

29 - Idem ex. 28 com sequências de 2, 4, 6... saques consecutivos. Importante: o número de saque de cada sequência deve ser estabelecido considerando-se o condicionamento físico do jogadores.

 

Notas

- O treinador deve cobrar, em primeiríssimo lugar, a qualidade da recepção do saque. A bola deve ser alçada de maneira que o jogador tenha tempo de recuar para o ponto em que faz a aproximação final para o ataque.

- Os exercícios desta seqüência são excelentes para desenvolver, também, as técnicas de levantamento. A recepção do saque curto, muitas vezes, não é perfeita. O levantador, no caso das imperfeitas, é obrigado a desdobrar-se para conseguir executar levantamentos perfeitos; alçar a bola mais alta, atrasar o tempo do levantamento, adeque a bola em realção a proximidade da rede, etc.

- Nos artigos que tratam do Levantamento e do Ataque apresento outros exercícios em que a recepção do saque é trabalhada. Embora não seja a atividade principal, é parte integrante.

 

Continuação no art. 10 A, com outra Sequência de Exercícios.

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra