Estratégias/Táticas - Art. 10 B

Recepção do Saque

Treinamento Tático Coletivo.

Seqüência de Exercícios No 06.

Objetivos: - Recepção do Saque no Centro da Quadra;
  - Levantamento, após a recepção no Centro da Quadra;
  - Ataque após a recepção no Centro da Quadra.

 

O saque no centro da quadra causa dificuldade. À recepção, ao levantamento e ao ataque. Por isso, requer procedimentos específicos.

Recepção. A bola deve ser endereçada à Zona de Levantamento com trajetória retilínea e suficientemente alta, a fim de:

- propiciar tempo ao jogador-levantador para se deslocar e chegar a tempo de se posicionar adequadamente em relação à bola.

- permitir que o jogador-atacante tenha tempo de fazer uma boa aproximação para o ataque.

 

Levantamento. O saque no centro da quadra pode causar indecisão entre os jogadores. Ambos podem achar que a recepção lhe cabe. O que não recepciona é o encarregado pelo Levantamento e, devido a uma possível indecisão, pode atrasar-se no início do deslocamento para a Zona de Levantamento. Obviamente, deve ter capacidade para executá-lo com a manchete, por todos os meios e maneiras.

Ataque. De modo geral, as extremidades da rede são os pontos mais adequado (e mais utilizados) para o ataque. A recepção no centro da quadra torna o percurso longo. Logo, o jogador-atacante deve estar treinado para fazer outros tipos de aproximação. E, por conseguinte, atacar em outros pontos.

No diagrama a seguir, a recepção por J2. A trajetória da bola é a linha interrompida em azul claro. Repare que a mesma é retilínea e perpendicular em relação à rede; mais à esquerda e/ou à direita dificulta ainda mais o trabalho do jogador-levantador.

O jogador-atacante J2, dependendo de sua recepção (trajetória alta), pode atacar em uma ou outra extremidade da rede (setas tracejadas em vermelho). Caso a trajetória seja rápida, por exemplo, tem como alternativa o ataque no terço central da rede (setas tracejadas em laranja).

 

 

Feitas as observações, vamos a sequência de exercícios.

 

39 - O treinador / colaborador / os jogadores executando saques no centro da quadra. J2 recepciona e faz as aproximações (primeira e final) para o ataque, na extremidade da rede (entrada da rede). J1 recepciona e faz as aproximações para a extremidade da rede (saída da rede).

40 - Idem ex. 39, com dois saque consecutivos.

41 - Idem ex. 40 com séries de 4, 6 ... saques consecutivos. O intervalos entre o saque é o tempo que os jogadores gastam para voltar aos posicionamentos iniciais.

 

 

42 - A mesma dinâmica dos exercícios anteriores, com a inclusão do Levantamento. J2 recepciona e se deloca para o ponto da aproximação final. Enquanto que J1 desloca para a Zona de Levantamento e executa o levantamento determinado pelo treinador. No saque seguinte, invertem-se os papéis; J1 recepciona e J2 faz o levantamento. Os dois se alternam a cada saque.

43 - Idem ex. 42, com dois saques consecutivos para cada jogador.

44 - Idem ex. 43, com sequências de 4, 6 ... saques consecutivos para cada jogador. O intervalo entre os saques é ditado pelo tempo que os mesmos levam para voltar aos seus posicionamentos iniciais.

45 - Mesma dinâmica dos exercícios anteriores, com a inclusão também do Ataque. Um dos jogadores recepciona, faz a primeira aproximação, aguarda o levantamento e parte para o ataque. O jogador que não recepciona executa o levantamento com as características estabelecidas pelo treinador. O dois jogadores se alternam, na recepção-ataque e no levantamento.

46 - Idem ex. 45, com cada jogador executando a recepção, a aproximação e o ataque duas vezes consecutivas.

47 - Idem ex. 46, com cada jogador executando sequências de 4, 6 ... da ação recepção-aproximação-ataque.

 

Continuação no art. 10 C, com outra Sequência de Exercícios

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra