Técnica Individual - Art. 19

- Manchete, para o Levantamento e para a Defesa.

- Exercícios para a Aprendizagem e para o Aperfeiçoamento.

 

- Sequência de Exercícios no. 12.

Os exercícios desta sequência têm como objetivo aproximar a prática do amortecimento da bola por meio da manchete às situações mais próximas da realidade do jogo. Para isso, é necessário que o treinador disponha de jogadores/colaboradores com boa técnica de ataque. O trabalho consiste em simular todas as situações de jogo possíveis, de maneira propiciar aos atletas, em treinamento, oportunidades de repeti-las exaustivamente.

 

135 - O treinador/colaborador lança a bola para o jogador/colaborador que está no posicionamento da recepção do saque. Este passa a mesma de manchete - simulando a recepção de um saque - para o treinador, que alça-a alta na extremidade da rede. O jogador/colaborador ataca na diagonal. Os jogadores em treinamento, praticam em uma metade do lado e outra. A bola tem que ser amortecida de maneira que fique entre o defensor e a rede e, no máximo até o centro da rede.

No diagrama a seguir, o exemplo de como os jogadores de ambas os lados da quadra se dispõem para realizar o exercício. O retângulos, em azul claro, delimitam a área que a bola deve permanecer após a defesa.

 

 

 

Notas

 

- Os jogadores em treinamento praticam o exercício em uma metade da quadra e outra, alternadamente. Caso o treinador disponha de dois jogadores/colaboradores, eles podem ficar - cada um - atacando em uma extremidade da rede. No caso de só ter um, ele se reveza na entrada e na saída da rede.

- Dependendo da potência de ataque do jogador/colaborador, o treinador alça a bola mais próxima ou mais afastada da rede. Chamo atenção para o fato de que o objetivo do exercício é propiciar a prática da defesa aos jogadores em treinamento. Logo, de nada adianta os jogador/colaborador desferir cortadas indefensáveis.

 

136 - Idem 135, com o jogador/colaborador atacando na paralela. Os jogadores em treinamento devem deslocar um pouco no sentido da linha lateral da quadra, a fim de se posicionarem rigorosamente de frente o para o jogador que está atacando. Repare, no diagrama a seguir, que os jogadores devem tentar amortecer o impacto da bola de maneira que a mesma permaneça na área destacada por linhas tracejadas em azul claro.

 

 

 

 

137 - Idem, 135, com uma disposição defensiva diferente. Um dos jogadores no posicionamento de bloqueio e o outro no de defesa, para a bola atacada na diagonal. Após a defesa, o jogador que está no bloqueio levanta para o ataque do que defendeu.

 

 

 

 

138 - Idem 137, agora com o jogador/colaborador atacando na paralela.

139 - Idem 137, agora com a bola ao invés de ser alçada pelo treinador, é alçada por um jogador/colaborador que faz a função do levantador. O intuito é o de aproximar mais ainda a simulação do exercício à realidade da situação de jogo. O ataque é na diagonal.

140 - Idem 137, com o ataque na paralela.

Nota

 

O ataque, na continuidade do exercício, não é tão importante; por enquanto. O treinador tem que fazer com que os jogadores entendam este aspecto. Quando não entendem, de modo geral, não se concentram no objetivo do exercício: defender amortecendo a bola de maneira que a mesma fique na região da quadra propícia ao levantamento - retângulo tracejado do diagrama anterior.

 

Cont. no art 20 com outra Sequência de Exercícios

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra

  Ir para Menu Estratégias/Táticas DO Sistema Ofensivo - Vôlei de Praia  

 

Ir para Menu Estratégias/Táticas do Sistema Defensivo - Vôlei de Praia

Ir para Menu Vôlei de Praia