Técnica Individual - Art. 58

- Ataque.

- Exercícios para a Aprendizagem e o Aperfeiçoamento da Técnica Individual.

- Seqüência de Exercícios no. 6.

- Objetivos: aprendizagem da bola alta e da "meia" bola, alçada pelo levantador, após a recepção do saque e/ou a defesa.

 

A partir deste momento os exercícios para a aprendizagem e o aperfeiçoamento da técnica individual do ataque vão se assemelhando às situações de jogo, ou seja, o ataque "fechando" todo o sistema ofensivo. Na progressão pedagógica começamos pela iniciação do fundamento puro e simples. A seguir, com prática com bolas alçadas pelo treinador e pelo levantador. Agora, vamos colocá-lo executado após a recepção de saque e após a defesa. Vamos continuar utilizando a estratégia de ir apresentando os exercícios da maneira mais simples e, gradativamente, aumentar o grau de complexidade. A intenção é a de propiciar subsídios a professores e treinadores envolvidos em todos os níveis de competitividade.

Nota

Todos os exercícios podem ser feitos substituindo-se a recepção do saque por defesa. Isto é o professor/colaborador ao invés de sacar, dará cortadas para os jogadores fazerem defesa e, na continuidade, o ataque.

 

48 - O treinador/colaborador sacando, sem qualquer dificuldade, alternadamente, para os jogadores posicionados na recepção do saque (botões em laranja, no diagrama a seguir). Os jogadores dispostos da seguinte maneira:

- dois em pontos da quadra em que a recepção do saque é realizada (botões em laranja);

- dois levantadores na zona de ataque, cada qual levantando bolas para uma das extremidades da rede (L com círculo laranja);

- dois em frente da entrada e dois em frente da saída da rede.

Os jogadores recepcionam os saque, o levantadores alçam bola altas na extremidades da rede e o primeiro da coluna ataca. O ataque é por meio de "largada", nos retângulos azuis, da paralela e da diagonal (diagrama a seguir).

 

Nota

O professor/treinador deve adequar o saque de acordo com a capacidade técnica individual da equipe. Por exemplo, para iniciantes, os saque devem ser dados, no máximo, do centro da quadra oposta. Na medida em que os alunos/jogadores forem demonstrando desembaraço, ele aumenta a distância até desferir os saque da zona de saque.

 

49 - Idem 48, com o ataque por meio de "meia-batida", no retângulo azul da diagonal.

50 - Idem 48, com o ataque por meio de cortada forte nos retângulos laranjas, da paralela e da diagonal.

51 - Idem 48, agora com o ataque da Meia Bola.

52 - Idem 49, com o ataque da Meia Bola.

53 - Idem 50, com o ataque da Meia Bola.

54 - Agora os exercícios mudam da figura. Os jogadores estarão dispostos da seguinte maneira:

- o treinador/colaborador na zona de saque da quadra oposta, à que se está realizando o exercício;

- duas colunas, nas proximidades da pos 1 e da pos. 5 da quadra;

- dois no posicionamento para a recepção do saque;

- um levantador na zona de ataque.

O treinador/colaborador saca, alternadamente, para os jogadores que estão recepcionando na pos. 1 e pos. 5. Estes, fazem o passe, aproximam-se para o ataque da Bola Alta na extremidade da rede, defronte ao ponto em que estão recepcionando. O ataque é por meio de "largada", no retângulo laranja.

55 - Idem 54, com o ataque por meio de "meia-batida", nos retângulo azul, da diagonal.

56 - Idem 54, com o ataque por meio de cortada forte, no retângulo amarelo, no fundo da quadra.

57 - Idem 54, agora o ataque é da Meia-Bola.

58 - Idem 55, com o ataque da Meia-Bola.

59 - Idem 56, com o ataque da Meia-Bola.

Nota

O treinador pode utilizar o recurso material bloqueio-tabuleta, a fim de criar uma dificuldade a mais para os atacantes. Chamo atenção para o fato de que o recurso é apropriado a partir do momento em que os jogadores já estão mais desembaraçados. Na figura a seguir, uma demonstração do bloqueio-tabuleta.

 

Cont. no art. 59 com outra seqüência de exercícios.

Voltar ao Menu Técnica Individual - Vôlei de Quadra.