Técnica Individual - Art. 57

- Ataque.

- Exercícios para a Aprendizagem e o Aperfeiçoamento da Técnica Individual.

- Seqüência de Exercícios no. 5.

- Objetivos: aprendizagem da bola alta e da "meia" bola, alçada pelo levantador.

 

Dando continuidade aos exercícios para a aprendizagem e para o aperfeiçoamento da técnica individual do ataque, nesta seqüência inicia-se a prática da cortada e recursos de ataque com bolas alçadas pelo (os) levantador(es). Com isso, como mencionado anteriormente, o grau de complexidade vai, paulatinamente, aumentando. Outros requisitos são requeridos e, como sempre, todo cuidado deve ser tomado, a fim de que o aproveitamento seja o máximo possível e a execução dos fundamentos beire a perfeição.

 

37 - Os jogadores dispostos em duas colunas, uma defronte a entrada e a outra defronte a saída da rede. Um levantador na frente de cada coluna. O treinador/professor lança a bola para o levantador e este alça Bolas Altas na extremidade da rede mais próxima. O atacante espera que a bola saia das mãos do levantador, faz a aproximação, salta e ataca a nos retângulos laranjas. Todos os jogadores devem atacar na entrada e na saída da rede. Em equipes de iniciantes todos devem fazer o levantamento.

No diagrama a seguir, as duas colunas, o posicionamento dos dois levantadores e os retângulos, em laranja, nos quais as bolas devem ser atacadas.

38 - Idem 37, com o ataque de uma Meia-Bola.

39 - Idem 37, com o ataque da bola alta, no retângulo azul posicionado na diagonal, em relação ao ponto da rede em que o ataque está sendo realizado (diagrama anterior).

40 - Idem 39, com o ataque da Meia-Bola.

41 - Com o auxílio de uma tabuleta, que funciona como um bloqueio. Ataque da Bola Alta por meio de uma "largada", em que a bola passa por sobre o bloqueio-tabuleta e cai atrás do mesmo, no retângulo azul.

Na figura a seguir, está demonstrada a tabuleta-bloqueio em uma porção da rede. É confeccionada com uma haste, de madeira ou material similar, que permita uma pessoa segurar e colocá-la acima do bordo superior da rede. A parte em que a bola bate (retângulo em cinza) deve ser de material macio, uma vez que os jogares batem com a mão.

42 - Idem 41, com o ataque da Bola Alta por meio de uma Meia-Batida no retângulo azul, posicionado na diagonal, em relação ao ponto em que o ataque está sendo efetuado.

43 - Idem 41, com o ataque da Bola Alta por meio de uma cortada forte nos retângulos laranjas.

44 - Idem 41, com o ataque da Meia Bola, também por meio de uma "largada" por sobre o bloqueio, no retângulo azul.

45 - Idem 44, com o ataque da Meia Bola por meio de uma meia-batida, no retângulo azul posicionado na diagonal do ponto da rede em que o ataque está sendo realizado.

46 - Idem 44, com o ataque da Meia Bola por meio de uma meia-batida, no retângulo azul posicionado na diagonal do ponto da rede em que o ataque está sendo realizado.

47 - Idem 44, com o ataque da Meia Bola por meio de uma cortada forte, nos retângulos alaranjados.

 

- Aspectos a serem observados durante a execução dos exercícios.

 

1. O ataque por meio de cortadas fortes nos retângulos alaranjados tem como objetivo estimular os jogadores desferirem os golpes com os braços bem estendidos. As "largadas" e as meias-batidas, nos retângulos azuis, contribuem para o aumento da precisão com a qual a bola deve ser direcionada, em golpes menos potentes - em que a trajetória da bola não é prioridade.

2. Os exercícios devem ser praticados com todos os tipos de golpes e com várias maneiras de batida na bola, tais como: no centro-direito, no centro-esquerdo, no centro-alto, etc... A missão do treinador é contribuir para que seus jogadores se tornem ecléticos, ou seja, que desenvolvam habilidade para executar com eficácia todos os tipos de golpes.

3. De modo geral, os jogadores gostam de desferir cortadas fortes e o mais para baixo possível. Na aprendizagem, pelo menos na aprendizagem, isso não deve ser permitido. O jogador adquire o "vício" de deixar a bola cair para golpeá-la no seu centro-alto. Em um jogo, com o bloqueio, é praticamente impossível desferir este golpe. Portanto, repito, não deve ser permitido.

4. O ataque com a bola alçada pelo levantador, o jogador tem que prestar atenção no "tempo de bola". O salto e o ataque têm que ser efetuados no momento exato; nem antes nem depois. O procedimento requerido para evitar este equívoco é o de perceber o momento exato de começar a aproximação para o ataque. De modo geral, no momento em que a bola sai das mãos do levantador.

5. Como em todos os exercícios até aqui, insisto e acho válido insistir na importância de realizá-los utilizando todos os meios de ataque. Por exemplo, com largada, meia-batida e cortada. Também, utilizando variados golpes na bola; na centro-direito, centro-esquerdo, centro-alto, etc...

Cont. no art. 58, com outra Seqüência de Exercícios.

Voltar ao Menu Técnica Individual - Vôlei de Quadra.