Estratégia/Tática - Art. 08

- Estratégia Ofensiva - Recepção do Saque - Parte 5

- Tipos de Armações Táticas na Recepção do Saque.

- Quanto ao Número de Passadores - Parte 3

 

- Com 3 Jogadores.

É a formação utilizada por equipes de alta competitividade tendo em vista:

- envolver os melhores passadores na recepção do saque;

- dispor, taticamente, os atacantes das bolas de primeiro tempo em pontos em que o adversário têm dificuldade para colocar seus saques;

- não utilizar jogadores sem capacidade técnica na recepção.

Nota

 

Algum tempo atrás as equipes utilizavam a formação com 3 passadores para a recepção do saque "Viagem"; mais recentemente passaram a utilizar 4 até passadores. Obviamente, em virtude da velocidade, cada vez maior, da trajetória da bola.

 

Na formação com 4 jogadores, os passadores formam duas linhas, uma mais a frente com 2 e uma mais atrás com os outros 2.

Na formação com 3 passadores, é necessário que um dos jogadores que estão na linha de ataque recuem - quando o levantador na linha de defesa, a fim de compor a disposição da recepção.

Entre as equipes femininas é pratica comum a utilização da formação com 3 jogadoras para qualquer tipo de saque, uma vez que as mulheres ocupam menor espaço na quadra e deslocam-se com menor velocidade, em relação aos homens. Para o saque Viagem, algumas equipes adotam a formação com 4 jogadoras.

Considero esta formação contra-indicada para equipes de base, por dois motivos:

a - é prematuro fazer com que jogadores que estão na linha de ataque recuem para recepcionar o saque e depois desloquem-se para atacar.

b - não possuem a velocidade de deslocamento requerida para a atribuição.

Nos diagramas a seguir, apresento no 1 a ordem de saque - com o levantador (em vermelho) na linha de defesa (pos. 1). No 2, a disposição com 3 jogadores para a recepção do saque (o levantador está "ïnfiltrando", pela pos. 1). Reparem que houve a necessidade do atacante os números 3 (em azul) e 4 não participam da recepção, por exemplo, por opção tática; ficam com mais leberdade para o ataque das bolas de primeiro e segundo tempos.

 

 

No conjunto de diagramas a seguir, apresento outra ordem de saque. O levantador no. 1 (em vermelho) está na pos. 4, ou seja, na linha de ataque. Neste caso, não é necessário que nenhum dos outros dois atacantes (6 e 5), da linha de ataque, recue para compor a recepção do saque.

 

 

Neste conjunto de diagramas seguinte, apresento a mesma ordem de saque do conjunto anterior, mas com uma diferença: coloco o no. 4 (em azul) fora da recepção do saque. O objetivo é o de favorecer seu deslocamento (seta tracejada em azul) para o ataque do fundo. Para que isso seja possível, foi necessário colocar no. 5, também, na recepção do saque.

 

 

Notas

O LÍBERO pode substituir qualquer jogador da linha de defesa - exceto para sacar - a qualquer momento do jogo.

 

Vantagens.

1. Melhor ocupação dos espaços da quadra na recepção do saque "viagem", cuja a trajetória da bola é velocíssima.

2. Definição, entre todos, dos 3 passadores realmente mais capcitados para a função.

3. Melhor cobertura do fundo da quadra, em comparação com a formação com 2 passadores.

 

Desvantagens

1. Indecisões, nos saques dirigidos ao fundo da quadra, entre o passador do meio e os dos flancos.

2. Encontrar substitutos à altura dos 3 efetivos.

 

Cont. no artigo 09, com recepção com 2 Jogadores

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra