Estratégia/Tática - Art. 05

- Estratégia Ofensiva - Recepção do Saque - Parte 2

 

- Zonas da Quadra Relacionadas à Recepção do Saque:

- de Saque,

- de Levantamento,

- de Maior Incidência dos Saques.

Para iniciar a tratar da recepção do saque, considero importante fazer algumas considerações sobre a quadra e as respectivas zonas, a ela relacionadas, com as quais todos os jogadores que recebem o saque e os levantadores devem estar familiarizados.

 

- Zona de Saque.

É definida pela regra oficial. Com a última mudança da regra, o saque pode ser executado em toda a extensão da linha de fundo (faixa, em verde bandeira, no diagrama a seguir).

 

- Zona de Levantamento.

É o alvo para os jogadores incubidos da recepção, o local em que o levantador coloca-se para receber as bola e organizar o ataque. É um ponto central na zona de ataque e, por conseguinte, um local eqüidistante às duas extremidades da rede (faixa, em laranha, no diagrama a seguir).

Nessa faixa, o levantador encontra vantagens para:

- o levantamento para as duas extremidades da rede;

- a distribuição das bolas, por ocasião das combinações de ataque;

 

 

- Zonas de Maior Incidência dos Saques.

No diagrama a seguir, dividi a quadra em três faixas:

- a que compreende a zona de ataque (em laranja), incidem os saques curtos com objetivos táticos;

- a central (em amarelo), incidem os saques com o objetivo de provocar a falha de determinado passador;

- a faixa final (em azul), incidem os saques longos, também, com objetivos táticos.

 

 

Notas

- No voleibol atual os atletas executam o saque - sobretudo o Viagem - com extrema potência. A trajetória da bola é velocíssima.

- Ao desferir o saque, o atleta tem como primeiro objetivo a marcação do ponto que, segundo as estatísticas da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), só é considerado por meio do "ace" - bola que bate no solo da quadra sem que jogador algum a toque. A bola recepcionada que "morre" não é considerado ponto e sim erro de recepção.

- No caso desses saques, as zonas de maior incidência não devem ser considerada, uma vez que, o mais importante é a potência do golpe e, por conseguinte, a velocidade da trajetória da bola.

 

Continuação de Recepção do Saque no art. 06

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra