Estratégias / Táticas - Artigo 81

 

- Estratégias / Táticas Ofensivas - Transições entre Sistemas.

 

- Transição dos Sistemas:    - do Defensivo para o Ofensivo;
  - do Ofensivo para o Defensivo.

      
                                                                                                                   

- Defesa - Defesa.

 

No artigo 80, apresentamos a Cobertura do Ataque e o Re-Ataque, ação relacionada e comum às Transições entre os Sistemas.

Neste a Defesa – Defesa, outra situação de jogo que ocorre com elevada frequência e que também está relacionada às Transições entre Sistemas. Em rápidas palavras, passo-a-passo, vejamos com ocorre.

A equipe esta armada com seu Sistema Defensivo no momento em que a equipe adversária tem a posse da bola e se prepara para atacar. No desfecho da ação pode ocorrer:

1 – A equipe Atacante pode:

a - marcar o ponto;

b - ser bloqueada e a bola “morrer”;

c - atacar para fora e/ou na rede;

d - cometer alguma violação da regra.

Ou, outros dois desfechos:

 

a – bloqueio que a equipe adversária recupera a bola com a cobertura do ataque e realiza o Re-Ataque.

b – bola defendida pela equipe que está se defendendo, mas que a bola não é controlada e a mesma passa “de graça” para a quadra da equipe adversária (que atacou).

 

Nos dois últimos casos, a equipe que está armada no Sistema Defensivo tem que ser rearmar defensivamente para conter o Re-Ataque da equipe adversária. Esta mobilização pode ser necessária uma ou mais vezes numa mesma bola em jogo (rally).

Vejamos a dinâmica nos diagramas a seguir. No diag. 1, na meia quadra de cima, a Combinação (por exemplo) pela qual a Equipe Adversária (EA) realizará seu ataque; na quadra de baixo, a Equipe com seu Sistema Defensivo (ED) armado.

No diag. 2, uma suposição. EA executa uma recepção do saque imperfeita e o ataque é por A4, na pos. 4. Na quadra de baixo, ED armada com um bloqueio triplo na sua pos. 2. e a defesa composta de modo bem simples.

 

 

No diagramas a seguir, o desfecho da ação. No diag. 3, ainda como exemplo, a disposição da Cobertura do Ataque pela EA e a disposição defensiva de ED, no exato momento em que a bola é recuperada.
No diag. 4, o ponto do levantamento (L com círculo verde) e as possibilidades de ataque: boas altas nas extremidades da rede e ataque do fundo (setas tracejadas vermelhas). ED, após a recuperação da bola pela cobertura, rearma-se imediatamente: A3 não conseguiu se preparar para receber a bola.

 

 

Esta mobilização pode ocorrer uma ou mais vezes e modo sucessivo ao longo de um mesmo rally. Tendo em vista marcar o ponto por meio do bloqueio ou conquistar a posse de bola, por meio da defesa, e realizar a Transição do Sistema Defensivo para o Ofensivo. Tal dinâmica requer alguns procedimentos fundamentais.

 

- Procedimento dos Jogadores.

 

- Discernimento tático-individual de todos os jogadores. No momento em que a equipe adversária recupera a bola, todos têm que saber todas as possibilidades de ataque e, com isso, tomar suas decisões.

- Velocidade nos deslocamentos para ocuparem seus postos o mais rapidamente possível.

- Comunicação entre todos, a fim de “cantar” o tipo de bola pela qual a equipe adversária atacará, e no exato momento em que a mesma for levantada.

- Tranquilidade para executar a estratégia / tática defensiva, no bloqueio e na defesa e sobretudo os procedimentos pré-estabelecidos. Por exemplo:

a – que formação de bloqueio a ser adotada, fechada ou aberta;

b – qual a marcação do bloqueio para cada tipo de bola;

c – que jogador se encarregada da bola largada em cada tipo de bola;

d – jogador defesa-centro mais para a paralela ou mais para a diagonal.

e – conquistada a bola pela defesa, qual o meio de ataque será utilizado.

 

Conclusão. É impressionante a dinâmica do jogo. São várias e várias alternativas desde o momento em que a bola entra em jogo. O desembaraço e a eficiência com que as equipes se comportam diante destas situações, diferencia uma das outras. Portanto, nunca é demais salientar que tal capacidade não cai do céu; é preciso muito, mas muito treinamento.

 

Continuação, com Treinamentos das Transições - Sequencia de Exercícios 01.

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra